Higiene Mediática

Nos tempos que correm andamos todos preocupados em completar as tarefas obrigatórias do dia-a-dia da forma mais eficiente possível. Seja preparar uma refeição, passear o cão ou como nos manter minimamente em forma. Estando atento a estas tendências dei pela falta de um guia rápido (nunca mais que uma página) sobre como manter a nossa higiene mediática sem termos que nos fecharmos numa redoma de vidro isolados do mundo. Ou seja, como conseguir informação mas sem inundação de opiniões e propaganda. O que se seguem são os passos básicos mas se alguém tiver ideias complementares que se sinta livre de acrescentar e partilhar com todos:

– Limitar a leitura (rápida, título apenas, excepto em casos graves) a um diário por dia, em formato online.

– Em caso de dúvida pontual consultar outros sites de informação, preferencialmente exteriores ao país, para confirmar apenas os elementos em dúvida.

– Quando algo nos interessa particularmente (seja a gestão dos recursos hídricos ou o orçamento do Parlamento Europeu) é sempre melhor recolher uma breve bibliografia internacional de 2 volumes para aprofundar.

– Nunca em caso algum perder tempo a ouvir/ler comentadores a discursar sobre os temas que consideramos importantes.

– Nunca em caso nenhum perder um segundo a ler/ver um comentador com uma agenda partidária/empresarial clara.

– Fazer buscas online rápidas sobre comentadores, autores e jornalistas para saber quem lhes paga as contas e o que esperam vir a alcançar.

Manter controlo absoluto sobre o nosso tempo e a forma como o despendemos. Se queremos ouvir as novidades sobre a fórmula 1 em 5 minutos então não queremos perder uma hora a ouvir a fórmula 1, o futebol, um debate autárquico e ainda 3 recomendações de livros de amigos do jornalista.

"All media exist to invest our lives with artificial perceptions and arbitrary values."

“All media exist to invest our lives with artificial perceptions and arbitrary values.”

– A melhor forma de manter esse controlo sobre o tempo é através de meios online (jornais oficiais, blogs independentes, outras organizações noticiosas não comerciais).

– Ao seguir este modelo de gestão de fontes vai reparar ao longo do tempo que a qualidade da informação que recebe também irá aumentar à medida que se dispersa menos mentalmente e começa a dominar as ferramentas de procura.

– Nunca em formato algum (tv, jornal, online) perder tempo com publicidade. Não acrescenta nada ao utilizador e o agente está a vender o nosso tempo a terceiros sem nos remunerar.

Fugir das histórias de “interesse humano” como o diabo da cruz. Não têm valor para o utilizador e exploram a miséria/sofrimento alheio tornando-o lucrativo para quem o promove.

– Em caso de querer entrar em debate os meios alternativos (blogs/fóruns pequenos e médios) são sempre melhores pois não promovem com tanta frequência uma agenda comercial e a probabilidade de se encontrar a falar com pessoas reais (em vez de bots automatizados ou pertencentes a partidos e empresas) sobe substancialmente.

– Mesmo online cuidado com a duplicação de entidades já que muitos jornalistas, autores e funcionários de algumas empresas mantêm espaços camuflados que continuam para todos os efeitos a ser órgãos oficias de propaganda.

– Em última análise as escolhas online devem ser feitas por credibilidade não por popularidade. Quem acerta é mais sério. Quem fornece análise mais realista merece mais o seu tempo. Quem admite à partida os seus compromissos prévios merece mais respeito.

“Quick and Dirty” é isto meus caros. As formas mais básicas de evitar 90% do que nos querem meter na cabeça sem vivermos isolados no meio do nada sem saber o que se passa no mundo. A metodologia não é perfeita mas para a maioria de nós deve cumprir admiravelmente bem o seu objectivo. Nunca esquecer que para outros a informação é e será sempre um negócio.

Anúncios

One thought on “Higiene Mediática

  1. Pingback: As sombras mudam de posição | Enclave

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s